Pesquisar

Preservando a História de 42 Anos da Tribuna de Minas com a Célula

O jornal Tribuna de Minas é uma das principais fontes de informações em Juiz de Fora, celebrando 42 anos de atividades no mês de setembro. Ao longo desse período, o jornal acumulou uma riqueza de edições, artigos e fotografias que representam um verdadeiro tesouro da memória da cidade. Entretanto, com o passar do tempo, a necessidade de adotar medidas tecnológicas tornou-se evidente para garantir a preservação desse patrimônio.

Uma Parceria Estratégica com a Célula

A evolução do jornalismo ao longo das décadas trouxe consigo desafios significativos para a preservação da história do jornal Tribuna de Minas. O tradicional método de armazenamento físico de edições impressas, com pilhas intermináveis de jornais, tornou-se impraticável devido ao volume crescente de publicações e à ameaça de deterioração.

Para enfrentar esse desafio, o jornal firmou uma parceria estratégica com a Célula Gestão de Documentos. Essa colaboração não só liberou espaço físico e tornou o acesso mais eficiente, mas também preservou a integridade das edições, garantindo a continuidade da narrativa jornalística.

Digitalização e OCR (Reconhecimento Óptico de Caracteres)

A Célula digitalizou meticulosamente as edições, tornando-as acessíveis on-line e aplicando o Reconhecimento Óptico de Caracteres (OCR) para facilitar a recuperação de informações. Essa abordagem, combinada com o cuidado nas fotografias antigas, tornou-se uma ferramenta valiosa no trabalho jornalístico diário, permitindo o acesso fácil à história do jornal e à memória da cidade.

Para preservar a história do jornal, a Célula adotou um processo de digitalização rigoroso. Isso envolve a conversão de cada edição impressa em um formato digital de alta qualidade. Além disso, a Célula utiliza o Reconhecimento Óptico de Caracteres (OCR). O OCR é um método avançado que converte imagens de texto, como as edições digitalizadas do jornal, em texto pesquisável. Isso significa que as palavras contidas nas edições podem ser facilmente recuperadas por meio de uma busca textual.

A aplicação do OCR é uma etapa fundamental, pois permite a pesquisa por palavras-chave, datas e conteúdo específico dentro de um vasto arquivo digital. Essa funcionalidade não apenas simplifica a pesquisa, mas também torna as informações facilmente acessíveis aos colaboradores da Tribuna de Minas. Com essa abordagem, a história do jornal pode ser explorada e compartilhada com maior eficiência e precisão.

Facilidades do Acesso

Além do acesso digital, a Célula cuida também das fotografias antigas do jornal, garantindo a preservação visual da história da cidade. Essas imagens muitas vezes inéditas são essenciais para matérias e reportagens históricas. Ter acesso a documentos antigos permite revisitar o passado e entender como a narrativa jornalística evoluiu ao longo do tempo.

Uma Parceria em Crescimento

Nos últimos meses, a Tribuna de Minas intensificou sua parceria com a Célula. A empresa agora contribui com uma coluna semanal na página eletrônica do jornal, chamada “Guarda Essa”, que explora o mundo da gestão de documentos. Vídeos mostrando os bastidores dos serviços da Célula, incluindo digitalização, guarda física e o GED Célula e uma visão interna da empresa, têm sido publicados nas redes sociais do jornal. A Célula também foi reconhecida como referência nacional na gestão de documentos pela Tribuna de Minas, em um dos seus publieditoriais.

Preservando a História

Estamos honrados em fazer parte da preservação da história da Tribuna de Minas, um jornal que desempenha um papel fundamental na comunidade de Juiz de Fora e na região. Acreditamos que a preservação de informações históricas é um dever e uma responsabilidade, e estamos comprometidos em fornecer os melhores serviços para alcançar esse objetivo.

O jornal Tribuna de Minas e a Célula estão unidos na missão de preservar, proteger e disponibilizar o patrimônio jornalístico e histórico da região. Juntos, continuaremos a escrever e a preservar a história para as futuras gerações.

Para saber mais sobre os serviços de guarda física e digital de documentos da Célula, entre em contato conosco. Estamos aqui para ajudar a preservar sua história

Compartilhe

Artigos relacionados

Desvendando os segredos da prestação de contas com o GED Célula

No cenário empresarial, onde normas e regulamentações são intrínsecas, a prestação de contas é um desafio que todas as organizações enfrentam. Seja na esfera fiscal, nas diretrizes do setor ou em requisitos específicos, as empresas enfrentam um intrincado labirinto de conformidade. Nesse cenário, a prestação de contas transparentes, muitas vezes parte do coonceito de compliance, emerge como um imperativo vital.
A prestação de contas, no contexto empresarial, não é meramente uma formalidade burocrática, mas sim um compromisso contínuo para cumprir regulamentações e normas. Ela abrange desde a transparência financeira até a conformidade com padrões éticos e legais. Estar em compliance significa não apenas evitar penalidades, mas também construir uma base sólida de operações éticas e eficientes.
A gestão eficaz de documentos é um dos pilares fundamentais da prestação de contas. É aqui que entra em cena um software de Gerenciamento Eletrônico de Documentos (GED). No caso da Célula, especializada em gestão documental, o GED Célula é uma ferramenta robusta e inteligente projetada para simplificar a vida empresarial no que diz respeito à documentação.
Entenda como a implementação de um software de Gerenciamento Eletrônico de Documentos (GED), como o GED Célula, pode não apenas atender a essas demandas, mas transformar o processo em um catalisador para a eficiência operacional e a conformidade sustentável.