Pesquisar

4 dicas para tirar sua empresa do papel em 2019

Ano novo, vida nova, negócio novo, não é mesmo? Muitas pessoas sonham com o dia em que vão poder ser seus próprios chefes e tirar sua empresa do papel.

Mas, afinal, como começar? Como saber se o negócio vai dar certo, se vale a pena investir ou ainda quanto é necessário investir?

A verdade é que a resposta para essas perguntas é relativa e é fato que apenas uma boa ideia não é suficiente.

É necessário muito planejamento, metodologia e paciência para chegar ao mercado e ter rentabilidade.

Por isso, preparamos essa lista com 4 dicas para você tirar sua empresa do papel em 2019. Confira!

Como tirar sua empresa do papel?

Qual é o seu diferencial?

A primeira coisa que você deve pensar depois de ter sua ideia de negócio é: Qual o benefício que o cliente vai ter comprando de você ao invés do seu concorrente?

Ter um produto de qualidade e garantir a satisfação dos clientes são o mínimo que deve ser feito. Tente ir mais a fundo para tirar sua empresa do papel.

O que torna seu produto diferente de todos os outros que já existem?

Entenda o mercado

Saiba quem é o seu cliente e o que ele consome: quantos anos ele tem? Quais são seus hábitos? Onde eles compram?

Além disso, estude sua concorrência. Quem são os concorrentes mais fortes? Como eles se destacam em relação aos outros?

Faça um plano de negócios

Esse é o passo mais importante para tirar sua empresa do papel. Fazer um plano de negócios te permite compreender quanto precisará investir, em quanto tempo, quais os riscos envolvidos, em quanto tempo ele vai “se pagar”.

Além disso, te ajuda a avaliar quais os fornecedores ideais para a empresa, a melhor localização, número de funcionários, metas, objetivos e muitos outros detalhes.

Seja paciente

Já dissemos no começo desse texto e dizemos novamente: para tirar sua empresa do papel é preciso muita paciência.

Nenhum negócio nasce da noite pro dia e muito menos se torna um sucesso nesse tempo.

Ainda que haja planejamento, metodologia e muito cuidado, a resposta do público nem sempre é previsível.

Por isso, é importante acompanhar os resultados, refazer cálculos e estar disposto a mudar estratégias sempre que necessário.

Empreender é sempre imprevisível, mas seguindo essas dicas é possível reduzir os riscos e aumentar as chances de acerto.

Lembre-se sempre que o mais importante é que o seu negócio entregue ao cliente o que ele realmente quer e não o que você acha que ele quer.

Quer mais dicas para tirar a sua empresa do papel e prosperar? Continue acompanhando o Blog da Célula, Facebook e LinkedIn.

Compartilhe

Artigos relacionados

Desvendando os segredos da prestação de contas com o GED Célula

No cenário empresarial, onde normas e regulamentações são intrínsecas, a prestação de contas é um desafio que todas as organizações enfrentam. Seja na esfera fiscal, nas diretrizes do setor ou em requisitos específicos, as empresas enfrentam um intrincado labirinto de conformidade. Nesse cenário, a prestação de contas transparentes, muitas vezes parte do coonceito de compliance, emerge como um imperativo vital.
A prestação de contas, no contexto empresarial, não é meramente uma formalidade burocrática, mas sim um compromisso contínuo para cumprir regulamentações e normas. Ela abrange desde a transparência financeira até a conformidade com padrões éticos e legais. Estar em compliance significa não apenas evitar penalidades, mas também construir uma base sólida de operações éticas e eficientes.
A gestão eficaz de documentos é um dos pilares fundamentais da prestação de contas. É aqui que entra em cena um software de Gerenciamento Eletrônico de Documentos (GED). No caso da Célula, especializada em gestão documental, o GED Célula é uma ferramenta robusta e inteligente projetada para simplificar a vida empresarial no que diz respeito à documentação.
Entenda como a implementação de um software de Gerenciamento Eletrônico de Documentos (GED), como o GED Célula, pode não apenas atender a essas demandas, mas transformar o processo em um catalisador para a eficiência operacional e a conformidade sustentável.